Se você quer o melhor das pessoas, dê o máximo de si!

Se você quer o melhor das pessoas, dê o máximo de si!

Não exija dos outros o que eles não podem lhe dar, mas cobre de cada um a sua responsabilidade.

Não deixe de usufruir o prazer, mas que não faça mal a ninguém. Não pegue mais do que você precisa, mas lute pelos seus direitos.

Não olhe as pessoas só com os seus olhos, mas olhe-se também com os olhos delas. Não fique ensinando sempre, você pode aprender muito mais. Não desanime perante o fracasso, supere-se o transformando em aprendizado.

Não se aproveite de quem se esforça tanto, ele pode estar fazendo o que você deixou de fazer. Não estrague um programa diferente com seu mau humor, descubra a alegria da novidade. Não deixe a vida se esvair pela torneira, pode faltar aos outros…

O amor pode absorver muitos sofrimentos, menos a falta de respeito a si mesmo! Se você quer o melhor das pessoas, dê o máximo de si, já que a vida lhe deu tanto. Enfim, agradeça sempre, pois a gratidão abre as portas do coração.

 

Atualizado em: 16/06/2017 na categoria: Mensagem de Reflexão da Vida

Você pode Gostar...

Vigiar e Orar: Uma Advertência de Deus

Vigiar e orar é uma advertência de Deus para a própria vida. A gente se preocupa tanto em repreender o mal que vem de fora que esquece de repreender o mal que há dentro de nós. Julgamos os outros esquecendo de nossos próprios erros, arrotamos santidade como se fôssemos perfeitos e ainda nos dizemos humildes, gente do bem e de bom caráter. A quem estamos querendo enganar? Apenas a nós mesmos!

A vida é tão vasta, mas insistimos em nos apegar em seus detalhes mais mesquinhos. Não vigiamos o bem, o belo, a felicidade escondida nos detalhes. Não vigiamos as nossas próprias imperfeições com o intuito de modificá-las, mas apenas as imperfeições alheias, com o objetivo de criticá-las. Quantas vezes nem se quer oramos e, quando o fazemos, são apenas palavras vazias que não conseguem ir muito além.

Deus nos quer maiores do que tudo isso que somos, do que tudo isso que insistimos em fazer. É preciso seguir a sua advertência: vigiar a nós mesmos e orar de alma e coração.

(mais…)