Pai e Filho – Uma Lição de Vida

Pai e Filho – Uma Lição de Vida

Um menino, com voz tímida e olhar de admiração, pergunta ao pai, quando este retorna do trabalho: Papai! Quanto o Senhor ganha por hora?

O pai, num gesto severo, responde: Escute aqui, meu filho! Isto nem tua mãe sabe. Não amole! Estou cansado.

Mas, o filho insiste:  Mas, papai, por favor… Diga quanto o Senhor ganha por hora… A reação do pai foi menos severa, e respondeu: 3 reais por hora.

Então, papai, o Senhor pode me emprestar 1 real? O pai, cheio de ira, e tratando o filho com brutalidade, respondeu: Então, esta era a razão de querer saber quanto eu ganho? Vá dormir e não me amole mais. Estou cansado!

Já era noite quando o pai começou a pensar no que havia acontecido e sentiu-se culpado. Talvez, quem sabe, o filho precisasse comprar algo. Querendo descarregar sua consciência doída, foi até o quarto do menino e, em voz baixa, perguntou: Filho… está dormindo?

Não, papai. Respondeu o sonolento garoto.

Olha, aqui está o dinheiro que me pediu.

Muito obrigado, papai! Disse o filho, levantando-se e retirando 2 reais de uma caixinha que estava sob a cama.

Agora já completei! Tenho 3 reais! Poderia me dar agora uma hora de seu tempo? …

Atualizado em: 25/08/2017 na categoria: Mensagem de Reflexão da Vida

Você pode Gostar...

Vigiar e Orar: Uma Advertência de Deus

Vigiar e orar é uma advertência de Deus para a própria vida. A gente se preocupa tanto em repreender o mal que vem de fora que esquece de repreender o mal que há dentro de nós. Julgamos os outros esquecendo de nossos próprios erros, arrotamos santidade como se fôssemos perfeitos e ainda nos dizemos humildes, gente do bem e de bom caráter. A quem estamos querendo enganar? Apenas a nós mesmos!

A vida é tão vasta, mas insistimos em nos apegar em seus detalhes mais mesquinhos. Não vigiamos o bem, o belo, a felicidade escondida nos detalhes. Não vigiamos as nossas próprias imperfeições com o intuito de modificá-las, mas apenas as imperfeições alheias, com o objetivo de criticá-las. Quantas vezes nem se quer oramos e, quando o fazemos, são apenas palavras vazias que não conseguem ir muito além.

Deus nos quer maiores do que tudo isso que somos, do que tudo isso que insistimos em fazer. É preciso seguir a sua advertência: vigiar a nós mesmos e orar de alma e coração.

(mais…)