Se aprenderes…

Se aprenderes…

Você sabe por que o mar é tão grande?

Tão imenso? Tão poderoso?
É porque teve a humildade de colocar-se alguns centímetros
abaixo de todos os rios.
Sabendo receber, tornou-se grande.
Se quisesse ser o primeiro, centímetros acima de todos os rios,
não seria mar, mas sim uma ilha.
Toda sua água iria para os outros e estaria isolado.
A perda faz parte.
A queda faz parte.
A morte faz parte.
É impossível vivermos satisfatoriamente.
Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.
Impossível ganhar sem saber perder.
Impossível andar sem saber cair.
Impossível acertar sem saber errar.
Impossível viver sem saber viver.
Se aprenderes a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará.
Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder.
E isto você já sabe. Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade o ganho e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda, a vida e a morte

Atualizado em: 14/06/2017 na categoria: Mensagem de Sabedoria e Aprendizado na Vida

Você pode Gostar...

Mensagem Espírita de Conforto

Persevera na vida, vivenciando cada dor com resignação, na certeza da redenção futura. A dificuldade das provas nunca será maior do que a sua capacidade de passar por elas. Seja forte e corajoso, você nunca está sozinho. Permanece confiante no amor de Deus, que age segundo a Sua própria visão e sabedoria infinitas, qualidades divinas que ainda não conseguimos compreender, mas que são sempre revestidas pela justiça e pelo bem.

Diante da dificuldade erga a cabeça e a encare sem medo, com segurança de que a vida só dá aquilo que ainda é necessário para evoluir, apenas aquilo que é possível superar. Lembre-se que Deus te dá resistência, te acrescenta a força, te ilumina e te concede os meios de vencer a luta sempre.

Nos momentos difíceis, feche os olhos, faça uma prece, mentalize o querido Mestre e todos os espíritos de luz que estão em torno de ti. Não precisa recuar diante do sofrimento, apenas aprender a utilizá-lo na edificação da alma. Tudo passa e ele também há de passar.

(mais…)